Segunda-feira
20 de Agosto de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
27ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
28ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
27ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
28ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Ciclo de Formação Multidisciplinar da OAB-BA debate racismo e Direitos Humanos

Entre os dia 15 e 16 de maio a Comissão Especial de Promoção da Igualdade Racial da OAB-BA promoveu o II Ciclo de Formação Multidisciplinar. O evento foi realizado na Escola Superior de Advocacia (ESA) e teve como tema Direito, escravidão e literatura: reflexões acerca da (in)efetividade dos direitos humanos fundamentais. Os debates contaram com as participações do professor e diretor da FDUFBA Júlio Rocha, da presidente da Comissão Especial de Promoção Especial da Igualdade Racial, Dandara Pinho, do presidente em exercício da Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA, Jeronimo Mesquita, dentre outros advogados e advogadas que militam no campo da Igualdade Racial e Direitos Humanos. A presidente da Comissão Especial de Promoção Especial da Igualdade Racial, Dandara Pinho, destacou a necessidade de unir diferentes campos do conhecimento para tratar de assuntos tão caros à sociedade. "A ciência jurídica sozinha não se basta. Precisamos das demais ciências humanas para a resolução dos conflitos sociais, sobretudo no que se refere a promoção da igualdade racial". De acordo com o presidente em exercício da Comissão de Direitos Humanos, Jeronimo Mesquita, o Ciclo de Formação Multidisciplinar ratificou o papel da Ordem de estimular o debate. “O evento possibilitou a discussão interdisciplinar entre temas de direito, história e literatura, interagindo com o público presente e reforçando o papel da OAB enquanto instituição que fomenta o debate dos direitos humanos na sociedade baiana”, afirmou. Para o advogado Caio Félix, eventos como este são de suma importância para a valorização do profissional negro, além de esclarecer para aqueles que não têm entendimento da situação conhecer o papel do advogado negro na sociedade. Priscila Pinheiro, membro da Comissão Especial da Igualdade Racial, ressalta que o movimento negro vem lutando para promover a equidade racial e com isso gerar mais oportunidades para esta minoria. "Estamos aqui para dizer que nós temos voz e, agora mais do que nunca, vez". De acordo com o professor Julio Rocha, ações como a promovida pela OAB-BA inserem a discussão étnico-racial na pauta do Direito. "É fundamental que este tema saia da invisibilidade e possa através de uma comissão ter espaço de discussão, mesmo porque uma parcela significativa dos advogados e advogadas do estado da Bahia são negros e negras" O advogado Mario Soares ressaltou o trabalho que vem sendo desenvolvido por Dandara Pinho e toda a comissão. "O grupo tem desempenhado um importante papel na disputa dos rumos da advocacia discutindo a questão da igualdade e reparação como elemento central para se discutir Direitos Humanos".
17/05/2018 (00:00)
Visitas no site:  1843094
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia