Quarta-feira
21 de Agosto de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
23ºC
Min
19ºC
Chuvas Isoladas

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
24ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
24ºC
Min
18ºC
Chuva a Tarde

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
24ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Controle de Processos

Comissão de Direitos Humanos da OAB

A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil,  Seccional Paraíba (OAB-PB) visitou, na tarde dessa quarta-feira (14), a Delegacia de Repressão a Crimes contra a Infância e Juventude, com o objetivo  de obter informações sobre o Inquérito Policial que apura a morte de uma criança de dois anos em um hospital de João Pessoa, no ano de 2017. A pedido da família da vítima, a presidente da Comissão, Leilane Soares e os membros Andréa Nunes e Igor Souto conversaram com a delegada sobre o andamento do caso e, o pai da vítima obteve esclarecimentos acerca de algumas dúvidas. A presidente informou, que este caso conta com o apoio da Comissão através dos seus membros desde a data do fato, com o acompanhamento dos processos administrativos em trâmite nos conselhos de classe dos profissionais envolvidos, bem como na esfera criminal. “Nossa comissão foi acionada no ano de 2017 e desde então este acompanhamento está sendo feito, de modo que seja garantido o devido processo legal e que o fato seja elucidado e os responsáveis apontados ao fim do processo sofram as devidas sanções", pontuou.  Leilane Soares também ressaltou, que a Comissão pode ser acionada através de links e plataformas virtuais, com o objetivo de receber denuncias de qualquer violação aos Direitos Humanos.   "A Comissão de Direitos Humanos pode ser acionada através do site https://oabpb.1doc.com.br/atendimento, faça login (através das contas do Google, Facebook ou utilizando o certificado digital) e no menu "Protocolos", escolha a opção "Denúncia para a Comissão de Direitos Humanos", afirmou Leilane.   
15/08/2019 (00:00)
Visitas no site:  3784460
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia