Segunda-feira
10 de Dezembro de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Controle de Processos

Conselheira municipal de saúde denuncia sucateamento de distritos sanitários em Goiânia

Ao se pronunciar durante a audiência pública que debate problemas relacionados ao atendimento de crianças e adolescente na área da saúde, a coordenadora do Conselho de Saúde Comunitária e Integrante do Conselho Municipal de Saúde, Dalva Bittencourt, falou em nome dos usuários do sistema. Ela manifestou sua indignação com o descaso e omissão do poder público no que tange ao que chamou de “sucateamento dos distritos sanitários” desta Capital.“Eu percorro Goiânia conversando com os conselheiros locais de saúde e com os conselheiros tutelares. Sei da luta deles e não posso me calar diante do absurdo que está acontecendo nesta Capital e neste Estado. Nossas crianças estão abandonadas, sem acesso saúde pública nem privada. O caos está posto. Represento o usuário e como tal posso dizer que muitas mães hoje estão chorando porque seus filhos precisam de acesso a psiquiatras e psicólogos. Crianças de 11 anos para cima estão se automutilando e tentando autoextermínio”, ponderou.Ela comentou ainda sobre a falta de infraestrutura adequada na saúde pública. “O Estado tem um CAPs que não funciona. O único em funcionamento é mantido pela prefeitura (de Goiânia). Quem está na ponta, como profissionais da área e familiares, não tem culpa do desmonte que está acontecendo no Estado”, observou a conselheira municipal. Dalva ainda denunciou situações que apontam ocorrências de seletividade nos atendimento do Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer). E lembrou caso noticiado de mãe que deu a luz dentro de ônibus nesta Capital. “Eu pergunto: de quem é a culpa? Do profissional da saúde, da mãe ou do Estado e do município? Deixo aqui o meu pedido de socorro para esta mesa, implorando aos promotores para que tomem uma atitude, porque crianças e adolescente são o nosso futuro”, concluiu. Com o tema “Proteger e Cuidar É a Forma Mais Bela de Amar”, o encontro reúne persas autoridades e ativistas em atuação na área da saúde infanto-juvenil do Estado. O evento está em andamento na manhã desta quinta-feira, 9, no Auditório Costa Lima desta Casa de Leis.
09/08/2018 (00:00)
Visitas no site:  2226924
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia