Quinta-feira
23 de Maio de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
32ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
32ºC
Min
18ºC
Pancadas de Chuva a

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
25ºC
Min
16ºC
Possibilidade de Chu

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
26ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Controle de Processos

Corregedoria-Geral da Justiça realiza abertura de inspeção por videoconferência

Pela primeira vez, a Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará realizou abertura de inspeção judicial por meio do sistema de videoconferência. A iniciativa ocorreu na manhã desta terça-feira (14/05). A comunicação foi feita diretamente do prédio da Corregedoria para o Fórum da Comarca de Juazeiro do Norte. O juiz corregedor auxiliar, César Morel de Alcântara, reuniu-se com os magistrados titulares das unidades judiciárias inspecionadas (1ª e 3ª Varas Cíveis; 1ª e 2ª de Família e Sucessões) para dar esclarecimentos sobre os trabalhos. De acordo com o corregedor-geral, desembargador Teodoro Silva Santos, “as inspeções avaliam possíveis dificuldades que as unidades judiciárias estão passando para depois sanar essas deficiências. O nosso maior objetivo é garantir que o cidadão tenha direito a uma Justiça célere e eficiente”. O juiz César Morel disse que durante a reunião por videoconferência falou sobre a finalidade e os métodos das atividades inspecionais. “A Corregedoria examina a prestação jurisdicional de cada vara e orienta os colegas juízes”. O magistrado está realizando inspeção nas unidades de Juazeiro de forma remota, pois os processos estão digitalizados. Ele ficará à frente dos trabalhos até sexta-feira (17/05). Participaram da videoconferência os juízes Renato Belo Vianna Velloso, Alessandra Lacerda Batista, Renato Esmeraldo Paes e Miguel Feitosa Cardoso.
14/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  3110442
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia