Sexta-feira
14 de Dezembro de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
36ºC
Min
23ºC
Poss. de Panc. de Ch

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
38ºC
Min
23ºC
Pancadas de Chuva a

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
35ºC
Min
23ºC
Pancadas de Chuva a

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
36ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Dr Antonio pede apoio a projeto que visa impedir pagamento antecipado à OS

Dando sequência aos discursos do Pequeno Expediente, o deputado Dr Antonio (DEM) subiu à tribuna para solicitar o apoio dos pares quanto à proposta de sua autoria que visa promover alteração na lei que trata da gestão das OS no estado. O parlamentar informou que o pedido está sob a análise da procuradoria da Casa. Preocupado com os problemas que afligem atualmente a rede hospitalar goiana, ele explicou que a alteração visa evitar o pagamento antecipado dos procedimentos de saúde efetuados pelas OS, conforme previsto hoje. Segundo ele, a mudança teria como referência o que já é praticado no âmbito dos planos de saúde. Ele também trouxe dados sobre a situação atual da malha hospitalar de Goiás. “Há poucos anos, o estado tinha apenas cinco hospitais em funcionamento e hoje já temos 13 unidades sendo geridas pelo governo. Outras três estão prontas para serem inauguradas. E ainda há sete unidades de tratamento especializado, duas delas já construídas: uma em Posse e outra em Goianésia”, informou o parlamentar. Dr Antonio disse estar preocupado com a capacidade do estado para gerir essas futuras unidades, visto que as já em funcionamento padecem com a falta de recursos e investimentos. “Estamos presenciando um momento difícil de os fechando de unidades, funcionários sem receber, cancelamento de contratos. As sete unidades que estão sendo construídas para atender, de forma regionalizada, as demandas de alta complexidade deverá evitar o deslocamento à Goiânia de mais de 2 milhões de pessoas que aqui chegam em busca de atendimento”, observou.
06/12/2018 (00:00)
Visitas no site:  2244623
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia