Quarta-feira
14 de Novembro de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Controle de Processos

Esmagis-MT promove curso sobre gestão de pessoas

A Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis-MT) realiza o curso de formação continuada “Gestão de conflitos e das relações humanas no ambiente de trabalho”. O curso é realizado nesta quinta e sexta-feira (8 e 9 de novembro) e destinado a 25 juízes de várias comarcas, bem como de unidades judiciárias da região metropolitana de Cuiabá.   O início do curso se deu na manhã desta quinta-feira, sob o comando do prof. Dr. Erisevelton Silva Lima, instrutor da Escola Nacional de Aperfeiçoamento e Formação de Magistrados (Enfam). No primeiro momento, a turma trabalhou formas de abordar um servidor que é alvo de reclamações, sem potencializar o conflito. Na sequência, os magistrados irão mapear os problemas interpessoais onde trabalham e também desenvolver ferramentas para intervir nas principais questões. A ementa do curso também prevê ainda temas como liderança, protocolo de riscos, estratégias de gestão de conflitos e círculo inclusivo.   “O objetivo é instrumentalizar o magistrado para que ele seja capaz de prever, analisar e intervir em situações de conflito na jurisdição em que atua, porque o magistrado também é um gestor de pessoas e a formação dele não é suficiente para lidar com essas questões”, pontua o professor.   A juíza Viviane Brito Rebello Isernhagen, do Juizado Especial Cível do Jardim Glória, em Várzea Grande, elogiou a capacitação. “Estou muito feliz que a Escola tenha trazido esse tipo de capacitação, porque é onde nós percebemos que não temos a formação necessária. É um assunto para o qual nós efetivamente não fomos preparados, onde há uma dificuldade muito maior do que lidar com processos, então é importantíssima essa capacitação”, destaca.   A magistrada estima que todo juiz do Poder Judiciário de Mato Grosso tem, no mínimo, uma equipe de dez pessoas para gerir. Essa é uma tarefa nenhum pouco fácil, no ponto de vista compartilhado pelo juiz da 1ª Vara de Nova Mutum, Cássio Leite de Barros Netto.   “Quando ingressamos na magistratura, nunca imaginamos que vamos ter que gerir pessoas. Só que nós nos deparamos com toda a administração do Fórum, tanto financeira, como de pessoal, conflitos entre as pessoas das varas, do gabinete, setores sem harmonia. Esse curso nos ensina a trazer harmonia e a lidar com os conflitos dos servidores, nossos conflitos internos e também entre outros órgãos, como Defensoria, Ministério Público e advogados”.   Enfam – O curso sobre gestão de pessoas é credenciado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), portanto, tem o acompanhamento da Escola Nacional in loco. O desembargador aposentado Jorge Frias, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), está na Esmagis-MT para este fim e destacou a importância de buscar conhecimento fora da área do Direito.   “O juiz precisa ter a humildade de encarar o contexto a cada momento, verificar que nós não sabemos nada e aprendemos cada dia uma coisa nova, precisamos estar abertos a esse aprendizado porque só com isso podemos prestar melhor a jurisdição. Não basta ficar no meio jurídico, você precisa ter um apoio muito grande de outras áreas que nós vamos descobrindo ao longo da magistratura”, reflete o magistrado.   Mylena Petrucelli Coordenadoria de Comunicação do TJMT imprensa@tjmt.jus.br (65) 3617-3393/3394/3409    
Visitas no site:  2141618
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia