Sexta-feira
16 de Novembro de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
26ºC
Min
21ºC
Chuva

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
27ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
33ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
29ºC
Min
22ºC
Chuva

Controle de Processos

Governo sanciona projeto de Daniel Messac que garante meia-entrada para mulheres chefes de família

Aprovada na Assembleia, foi sancionada pelo governador José Eliton (PSDB), nesta terça-feira, 10, e já vigora no Estado a Lei nº 20201/18 que concede o benefício do pagamento de meia-entrada para mulheres que estão em situação de desamparo, responsáveis pela subsistência de suas famílias, com filhos menores e que recebam até dois salários mínimos em espetáculos artísticos-culturais e esportivos. O autor do projeto, quando de sua tramitação na Assembleia, é o deputado Daniel Messac (PTB). A nova Lei assegura o benefício às mulheres, com acesso a salas de cinema, cineclubes, teatros, espetáculos musicais e circenses, e eventos educativos, esportivos, de lazer e de entretenimento, em todo o território estadual, promovidos por quaisquer entidades e realizados em estabelecimentos públicos ou particulares, mediante pagamento da metade do preço do ingresso efetivamente cobrado do público em geral. O benefício não será cumulativo com quaisquer outras promoções e convênios, e também não se aplica ao valor dos serviços adicionais eventualmente oferecidos em camarotes, áreas e cadeiras especiais. O texto da Lei afirma que terão direito ao benefício as mulheres que forem previamente cadastradas na Secretaria Cidadã e que comprovem sua renda mensal. Os homens que se encontram nas mesmas situações descritas acima também poderão pleitear o benefício junto à Secretaria Cidadã.Ao defender sua proposta, Daniel Messac disse que as mulheres são maioria da população "e, cada vez mais, são responsáveis pelo sustento das famílias, cujo percentual chega a  37,3% da população do País. Este benefício contribuirá para proporcionar a estas, uma oportunidade de lazer, mesmo diante das inúmeras responsábilidades e atribuições ao longo do dia". 
12/07/2018 (00:00)
Visitas no site:  2153592
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia