Quarta-feira
17 de Julho de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
24ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
25ºC
Min
16ºC
Possibilidade de Chu

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
26ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

INSTITUCIONAL: Projeto Cuidando do Cuidador promove debate sobre saúde mental

O terceiro encontro do projeto Cuidando do Cuidador, ocorrido nessa quarta-feira, dia 10 de julho, abordou o tema “Saúde Mental do Cuidador”. Servidores e colaboradores do TRF1 assistiram à palestra ministrada pelo médico psiquiatra do TRF1, Mauri Reis. Durante o evento, Mauri falou sobre a necessidade de o cuidador estar atento a sua saúde mental, deu orientações para preservar a saúde e aliviar a tarefa do cuidador e descreveu sinais comuns apresentados pelos cuidadores que sofrem de algum tipo de doença mental. O palestrante enfatizou a importância para que o cuidador busque ajuda de outras pessoas, sejam elas amigos, vizinhos ou familiares; que estabeleça dias e horários para outros também assumirem parte dos cuidados com a pessoa que necessita da ajuda e que reserve momentos do dia para cuidar de si mesmo. De acordo com o médico, os sinais mais comuns de que há algo errado com a saúde mental do cuidador são alterações do sono, do apetite, do peso, do humor e da cognição; aumento do consumo de álcool e falta de paciência. O psiquiatra destacou a relevância de o cuidador manter hábitos saudáveis e rotinas que muitas vezes esse cuidador deixa de lado por estar tão dedicado à pessoa de quem ele cuida. Segundo a coordenadora do projeto, Angela Paes, os participantes têm se sentido acolhidos, já que nos encontros eles recebem muitas informações essenciais. A coordenadora ressaltou que se sente feliz com o resultado da iniciativa, pois percebe que muitos cuidadores, que antes se sentiam culpados por tirarem um tempo para si, agora entendem a necessidade de cuidarem deles próprios para que possam cuidar de outros. Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região  
11/07/2019 (00:00)
Visitas no site:  3427166
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia