Terça-feira
20 de Agosto de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
24ºC
Min
17ºC
Chuva

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
25ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
25ºC
Min
16ºC
Nublado com Possibil

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
24ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Judiciário de Jaú destina prestações pecuniárias para a sede da Força Tática, Canil e Rocam

Parceria atende à política adotada pelo CNJ.       Com recursos de prestações pecuniárias decorrentes de condenações criminais ou suspensões condicionais do processo, a 1ª Vara Criminal de Jaú também colaborou para que a Polícia Militar de Jaú (27º BPM/I) inaugurasse, na última quarta-feira (8), a nova sede da Força Tática, Canil e Rocam, em bairro estratégico da cidade – que registra os maiores índices de criminalidade, mas também para onde a cidade cresce e se desenvolve com grandes empreendimentos, como a futura Faculdade de Medicina, um complexo hospitalar regional, um novo Shopping Center e nas proximidades do maior shopping de calçados da América Latina.     As novas instalações – que já abrigam oito cães das raças Pastor Alemão, Doberman e Pastor Belga Malinois – contam com canis que atendem aos mais altos padrões da espécie e, também, com consultório veterinário, realizando treinamentos especializados, principalmente, para a localização de drogas.     Valendo-se do Provimento CG nº 01/13, com as alterações introduzidas pelo Provimento CG nº 32/13, em atendimento à política adotada pelo Conselho Nacional de Justiça para a destinação das prestações pecuniárias, o Juízo da 1ª Vara Criminal há tempos tem destinado prestações pecuniárias, em rateios com outras entidades também beneficiadas (como a Polícia Civil), que contribuíram significativamente para essa nova e moderna sede de polícia especializada da PM em Jaú.      Durante a solenidade de inauguração, o Poder Judiciário do Estado de São Paulo foi homenageado na figura da juíza da 1ª vara, Carina Lucheta Carrara e, em sua manifestação, ela ressaltou a importância do ato. “A destinação das prestações pecuniárias, além de conferir visibilidade social à eficácia, sobretudo, das penas, contribui expressivamente para atividades essenciais à sociedade, neste caso, à segurança pública, cumprindo com maior propriedade o ciclo de reprovação e prevenção do crime. Esse ato responde à sociedade de forma mais concreta na prevenção do crime e contribui para a consecução da paz social, propósito buscado por todos que atuam na seara criminal e esse ponto nos tornam parceiros para o bem comum”.      A magistrada destacou, ainda, que a atividade de policiamento ostensivo preventivo na cidade, notadamente por meio da Força Tática, Canil e Rocam, tem conferido indicadores de segurança pública muito satisfatórios e favoráveis e, ao fazer uso da palavra, o comandante do 27º Batalhão de Jaú, tenente coronel Luiz Gustavo Toaldo Pistori, citou pesquisa do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), de 2017, que considera Jaú a 2ª cidade, com mais de 100 mil habitantes, mais pacífica do Estado de São Paulo e a 4ª do País.      A inauguração da sede da Força Tática, Canil e Rocam contou com a presença do subcomandante-geral da PMSP, coronel PM Fernando Alencar Medeiros, de militares e de civis que representaram a região, mas contou, principalmente, com o prestígio da população jauense, a maior beneficiada pela parceria entre o Judiciário e a Polícia Militar.              imprensatj@tjsp.jus.br
14/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  3777254
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia