Sábado
23 de Março de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
30ºC
Min
23ºC
Poss. de Panc. de Ch

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
30ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
31ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
31ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Licitação da obra da nova sede

A Comissão de Licitação da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) abriu na sexta-feira, 28 de dezembro, os envelopes com as propostas e os valores das cinco empresas habilitadas que participavam do processo licitatório, modalidade concorrência, de construção da nova sede do Parlamento Goiano no Park Lozandes. A construtora Jota Ele Construções Civis apresentou a melhor oferta para a conclusão das obras, no valor de R$ 114.287.101,74, e foi declarada, preliminarmente, a vencedora do certame após a análise dos critérios estabelecidos no Edital Concorrência nº 01/18. As empresas habilitadas tiveram o prazo de cinco dias úteis, a partir da publicação do resultado preliminar, para recorrer da decisão. Como não houve nenhuma contestação, a Comissão de Licitação encaminhou o processo à Secretaria de Contratos da Casa para análise da legalidade do procedimento realizado até o momento. Caso não exista irregularidades, será realizada a homologação do certame e adjudicação do objeto ao licitado vencedor. O deputado José Vitti (PSDB) deverá assinar o contrato de retomada da construção da nova sede com a empresa vencedora até o final da atual Legislatura, no dia 31 de janeiro de 2019. Com a assinatura do contrato entre as partes, se iniciará o prazo previsto no contrato para término da obra. A primeira das 40 fases da obra deve ser iniciada no primeiro trimestre de 2019. Com a licitação, a Assembleia Legislativa obteve uma economia da ordem de R$ 22.803.014,22 em relação ao limite previsto para a conclusão das obras, que era de R$ 137.090.115,96. "Estamos dando um passo gigantesco para modernizar, aperfeiçoar e oferecer um local adequado para o cidadão goiano e para que os servidores prestem um serviço de excelência à comunidade", disse o presidente José Vitti em pronunciamento recente. Participaram do certame, com as propostas encaminhadas, as empresas Coceno Construtora Centro Norte, que apresentou um orçamento no valor de R$ 120.442.102,92; Engemil Engenharia, no valor de R$ 119.275.972,27; Concrepoxi Engenharia, no valor de R$ 127.770.675,26; Jota Ele Construções Civis, no valor de R$ 114.287.101,74; e Porto Belo Engenharia, no valor de R$ 118.598.169,73. A vencedora do processo licitatório foi a que apresentou menor o menor custo de conclusão das obras e atendeu aos requisitos previstos no edital. As empresas Concrepoxi e Cosseno foram desclassficadas do processo licitatório após a avaliação do conteúdo das propostas. Durante a sessão, realizada no Auditório Solon Amaral, a Comissão de Licitação também tornou pública a decisão que indeferiu o recurso interposto pela Jota Ele Construções Civis em desfavor das concorrentes Engemil Engenharia e Coceno Construtora Centro Norte. A empresa Concretiza já havia sido inabilitada por descumprimento de quesitos previstos no edital, fato pulgado na sessão realizada em 6 de dezembro. NOVA SEDE Localizada no Park Lozandes, a nova sede da Assembleia terá 44 mil metros quadrados e oferecerá estrutura necessária para atender com mais eficiência às demandas do Poder Legislativo. A criação de espaços compatíveis com a realidade atual da Casa eliminará gastos de reformas estruturais e reparos constantes, além de disponibilizar espaços adequados para a instalação de gabinetes de deputados, comissões temáticas, auditórios, TV Assembleia, além de salas adequadas para a área tecnológica do Legislativo. Com a construção da sede da Alego, a área de preservação ambiental do Bosque dos Buritis será entregue à Prefeitura de Goiânia para proteção da fauna e flora, o que contribuirá para a manutenção de uma cidade mais sustentável.
11/01/2019 (00:00)
Visitas no site:  2724524
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia