Sábado
21 de Julho de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
24ºC
Min
20ºC
Chuva

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
21ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
24ºC
Min
16ºC
Nublado com Pancadas

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Nublado com Possibil

Controle de Processos

Liderança do PDT

Ao encerrar os trabalhos do semestre Legislativo, no último dia 5, o deputado Karlos Cabral, único representante do PDT na Assembleia Legislativa, disse que o saldo deste período foi positivo. Ele falou também sobre o período de campanha eleitoral, perspectivas de reeleição, definições de candidaturas e participação popular nas urnas.  Karlos Cabral disse que algumas conquistas foram obtidas na Assembleia Legislativa. Dentre elas, citou o acatamento de emenda de sua autoria na Lei de Diretrizes Orçamentárias, que garante pagamento de data base para os servidores. O parlamentar acredita que, no próximo semestre, os trabalhos no Poder Legislativo, serão pautados pelas disputadas de campanha, tendo em vista que "estaremos na reta final de campanha, cuja eleição acontece em 7 de outubro. Os deputados terão que fazer um esforço para garantir a normalidade das atividades em plenário". Ao falar sobre o descrédito da classe política, Karlos Cabral mostra-se apreensivo quanto a participação do eleitor nas urnas. "Espero que a população se conscientize da importância de se eleger um bom candidato, para comandar o País e o Estado nos próximos anos. Para isto é necessário uma análise criteriosa do perfil dos candidatos e também fundamental a presença nas urnas. Cada voto é essencial. Temos visto nos últimos anos um descrédito muito grande do povo no Estado de Goiás em relação as eleições, espero que a população compareça às urnas". Sobre o que fazer para garantir a reeleição diante dos rigores das leis e da falta de recursos financeiros, o parlamentar afirma não ser um problema, “estou acostumado a fazer campanhas, sem gastar tanta verba, um trabalho limpo, com debates acho que isso nos propicia apresentar um nome que a população possa confiar”. Por último, o parlamentar disse que seu partido sempre enfrentou eleições com poucos recursos e que para 7 de outubro, caminhará com uma chapa consolidada, com perspectivas de eleger de três a quatro deputados estaduais. 
12/07/2018 (00:00)
Visitas no site:  1737225
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia