Quinta-feira
23 de Maio de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
32ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
32ºC
Min
18ºC
Pancadas de Chuva a

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
25ºC
Min
16ºC
Possibilidade de Chu

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
26ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Controle de Processos

Limpa Nome: 423 acordos em mutirão pré-processual no Santa Maria

Em apenas 4 dias, o Tribunal de Justiça de Sergipe, através do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania e em parceria com a administradora de cartões Banese Card, homologou 423 acordos em negociações pré-processuais. O mutirão foi realizado no Fórum localizado no bairro Santa Maria, nos dias 29 de abril a 03 de maio. O local foi escolhido a partir de um diagnóstico feito pela gerência do Banese Card, o qual evidenciou a necessidade de se atingir o alto índice de inadimplentes na região, o que resultou em mais uma parceria entre a instituição e o Tribunal de Justiça, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e Cejusc. Segundo a Juíza Coordenadora do Cejusc e também membro do Nupemec, Maria Luiza Foz Mendonça, os mutirões cumprem o papel de reduzir os enpidamentos, mas também existe um viés educativo. "Ações como essa contribuem com a sociedade para que liquidem suas dívidas, mas temos uma preocupação ainda maior, que é promover a educação financeira daqueles que buscam o mutirão. É por isso que o Setor de Cidadania do Cejusc desenvolve o Projeto 'Cidadania Financeira', com a distribuição de fôlderes e cartilhas educativas, além de outras abordagens que visam ensinar ao cidadão como planejar o seu orçamento e evitar o enpidamento que, como sabemos, é propulsor de tantos outros conflitos", destacou a juíza. A ideia do Cejusc é realizar outros mutirões nessa mesma linha, sempre com a preocupação em concretizar a função social do Poder Judiciário, que traz como consequência e não como objetivo a redução de demandas.
15/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  3110562
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia