Segunda-feira
16 de Julho de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
24ºC
Min
20ºC
Chuva

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
21ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
24ºC
Min
16ºC
Nublado com Pancadas

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Nublado com Possibil

Controle de Processos

MS: “Defensoras e Defensores Públicos pelo direito à documentação pessoal”, campanha institucional é transmitida pela TV Morena

Pelo terceiro ano consecutivo (2016, 2017 e 2018) a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul faz parceria com a TV Morena, afiliada da Rede Globo, para transmitir a todo o Estado a campanha nacional em comemoração ao dia do defensor – 19 de maio - que este ano tem como tema “Defensoras e Defensores Públicos pelo direito à documentação pessoal: onde existem pessoas, nós enxergamos cidadãos”. O vídeo institucional, produzido pela Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep) em parceria com as Defensorias Públicas de todo o Brasil, tem por objetivo ajudar o cidadão a obter e/ou retificar a documentação básica. A campanha é realizada nacionalmente em comemoração ao mês do defensor público – maio. O vídeo pode ser acompanhado pelos telespectadores da TV Morena durante programas locais e nacionais, inclusive em horário nobre, como ocorreu ontem (13) no intervalo do Fantástico. Para o defensor público-geral, Luciano Montali, a produção esclarece direitos que a população desconhece, como o direito à documentação, principalmente para a parcela que se encontra em situação de vulnerabilidade, grupo mais atingido pelo sub-registro conforme mostra pesquisa realizada pelo Ministério dos Direitos Humanos. “A pulgação na mídia aberta leva conhecimento dos próprios direitos à sociedade. A intenção dessa campanha é mostrar que a Defensoria Pública existe para garantir o direito de cada um dos cidadãos como, por exemplo, ter acesso à documentação e/ou fazer algum tipo de alteração em seus documentos oficiais, pois sem a certidão de nascimento não é possível obter os demais documentos, como RG, CPF, título de eleitor e carteira de trabalho. A documentação básica é fundamental para acessar serviços públicos, programas sociais e garantir direitos”, enfatizou Montali.
Visitas no site:  1719411
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia