Quinta-feira
20 de Junho de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Controle de Processos

OAB-BA oferece cadastro gratuito ao Sistema Eletrônico de Execução Unificado

Com o objetivo de facilitar o exercício da advocacia e auxiliar no uso das novas tecnologias, a OAB da Bahia, por meio da Escola Superior de Advocacia (ESA), oferece o serviço de cadastro ao Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU), nova ferramenta informatizada do CNJ, criada para monitorar os processos de execução penal do Estado. Os advogados e advogadas que desejarem se cadastrar ao sistema deverão entrar em contato com a ESA, por meio dos números 71-3322-3765/ 0579, ou presencialmente, na sede localizada no Campo da Pólvora.Implantado no Tribunal de Justiça da Bahia no mês passado, o SEEU otimiza o controle e a gestão dos processos de execução penal e informações relacionadas ao sistema carcerário brasileiro. No total, foram digitalizados os 28 mil processos de execução penal que tramitam na Justiça da Bahia. Criado pelo CNJ em parceria com o Tribunal de Justiça do Paraná, a ferramenta viabiliza a apreciação, no tempo certo, dos benefícios prisionais, como progressões de regime, livramento condicional, comutações e indultos; oferece a possibilidade de acesso digital simultâneo aos autos e movimentações por meio de computadores, tablets ou smartphones.O SEEU atende a peculiaridades da área de execução, como emissão de atestado de pena e de relatórios, visualização gráfica de condenações, detalhamento do cálculo de pena e facilidade de gestão de benefícios previstos na Lei de Execução Penal ou em decretos de indulto e comutação.Nas mesas virtuais, magistrados e servidores podem acessar linhas do tempo da execução e incidentes e peças pendentes, assim como processos que atingiram ou atingirão requisitos objetivos em breve.O SEEU fornece estatísticas, pesquisa com mais de 50 campos e indicativos gráficos para demonstrar a situação do sentenciado, assim como tabelas com leis, artigos, parágrafos e incisos para maior precisão na inclusão de condenações.A ferramenta também admite o desmembramento e distinção de penas e cadastro de incidentes com influência automática na calculadora. Outro ponto forte é a integração entre tribunais com o CNJ, além de órgãos externos ao Judiciário, para cruzamento de dados, como o Instituto de Identificação da Polícia Federal e o Departamento Penitenciário.Com informações do TJBA
11/01/2019 (00:00)
Visitas no site:  3249601
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia