Segunda-feira
16 de Julho de 2018 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
24ºC
Min
20ºC
Chuva

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
21ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
24ºC
Min
16ºC
Nublado com Pancadas

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Nublado com Possibil

Controle de Processos

Programa Comunidade em Círculos: moradores do Ambrósio dialogam sobre relações interpessoais

O Programa Comunidade em Círculos chega a 3ª edição na comunidade do Ambrósio, município de Santana. Neste novo encontro, realizado na Escola Municipal Nossa Senhora dos Navegantes, os moradores foram motivados pelas equipes a pensar sobre as suas relações com o próximo e a buscar as melhores formas de convivência entre o grupo. A iniciativa é fruto de uma colaboração entre o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) e Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP). Nas visitas mensais, a comunidade se reúne em círculos restaurativos para falar sobre as demandas da vida cotidiana. Deste modo, a proposta é elaborar projetos, programas e soluções que aprimorem a qualidade de vida e a cidadania dos residentes. Nos encontros anteriores, as equipes da Comarca de Santana e do MP-AP iniciaram uma reflexão sobre o senso de pertencimento que moradores têm com a comunidade do Ambrósio. Idosos, adultos, jovens e crianças fizeram parte desse diálogo, que a cada edição vem criando uma relação de confiança e respeito com essas pessoas. Neide Santos, coordenadora do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Santana, falou sobre a temática utilizada no encontro, intitulada “o espelho”. Nela as pessoas são estimuladas a pensar no seu “eu” em relação à convivência com o outro. “O método é fazer com que elas pensem no que podem melhorar dentro dos relacionamentos com o seu próximo. Nós sabemos que em qualquer comunidade existem os problemas de vizinhança ou até mesmo dentro de casa, por esse motivo é necessário esse contato para que eles possam agir nesse contexto social”, afirmou. De acordo com juíza titular do Juizado Especial Cível e Criminal de Santana, Carline Regina de Negreiros Cabral Nunes, no terceiro encontro já foi possível perceber os bons frutos que o programa tem proporcionado, o que tem possibilitado a criação de mais iniciativas que trarão muitos benefícios para as relações da comunidade visitada. “A partir do Programa Comunidade em Círculos, notamos a importância de um projeto dedicado às mulheres da localidade. Deste modo, criamos o “Como Construir Uma Vida Extraordinária”, iniciativa na qual, durante um ano, 50 mulheres terão a oportunidade de participar de encontros mensais”, informou a magistrada. O projeto será apresentado no dia 22 de maio à comunidade e na ocasião as mulheres interessados poderão fazer suas respectivas inscrições. A atividade tem a parceria de uma terapeuta voluntária que trabalhará temas como: competências financeira e emocional, relacionamentos familiares, entre outros. Também estiveram presentes no encontro: a coordenadora do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas (NMCPR) da Promotoria de Justiça de Santana, promotora Sílvia de Souza Canela; a professora coordenadora do Curso de Pedagogia da UNIFAP, Rocio Rubi Calla Salcedo; além de um grupo de educadores da Guiana Francesa que participa como ouvinte dos encontros.
16/05/2018 (00:00)
Visitas no site:  1719337
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia