Quarta-feira
17 de Julho de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
24ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
25ºC
Min
16ºC
Possibilidade de Chu

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
26ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Revogação do decreto é um retrocesso, diz pesquisadora de Minas Gerais

Após realizar a abertura da audiência pública sobre a bacia do Rio Meia Ponte, o deputado Vinicius Cirqueira passou a palavra para a professora do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Joildes Brasil, que desenvolve tese de doutorado com o tema “reflexões sobre áreas de preservação permanente da bacia do Rio Meia Ponte”. Nesse estudo, a professora traz uma variedade de dados acerca do rio. No referencial teórico, ela demonstra que a bacia do Meia Ponte é uma das principais bacias de abastecimento do Estado de Goiás, permea 38 municípios e abastece 48% das cidades do Estado. Apesar de abastecer grande parte dos municípios do Estado, ainda é permitido o lançamento de efluentes domésticos e industriais somente com as construções existentes hoje. A revogação do decreto permite a implantação de outras indústrias próximas ao rio, o que, segundo a pesquisadora, pode alargar a possibilidade de intervenções em áreas de proteção ambiental (app). "Essa revogação do decreto é um retrocesso", afirma a professora. De acordo com ela, com o manejo inadequado do solo e pressões urbanas existe uma diminuição da vasão do rio que afeta o abastecimento.
19/06/2019 (00:00)
Visitas no site:  3426951
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia