Sábado
20 de Julho de 2024 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

3º vice-presidente do TJRJ é homenageado com a Medalha do Mérito Cultural do IMB

3º vice-presidente do TJRJ, o desembargador José Carlos Maldonado de Carvalho, homenageado pelo IMB, foi saudado pelo presidente do Tribunal, desembargador Ricardo Rodriguers Cardozo O 3º vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador José Carlos Maldonado de Carvalho, recebeu a Medalha do Mérito Cultural da Magistratura Brasileira, concedida pelo Instituto dos Magistrados Brasileiros (IMB). A solenidade foi realizada na tarde desta quarta-feira (03/07), no Plenário Desembargador Estenio Cantarino Cardozo, e contou com a presença de persas autoridades, além de familiares e amigos do magistrado. O presidente do IMB em exercício, desembargador Roberto Guimarães, presidiu a cerimônia e destacou a importância do Instituto e de sua função de difundir a cultura jurídica em todo o país. Já o presidente do TJRJ, desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo, relembrou a sua longa amizade com o homenageado, iniciada em janeiro de 1988, quando ambos foram empossados juízes. “Durante todo esse tempo estivemos juntos em persos momentos, inclusive quando chegamos à desembargadoria. Sempre formamos um grupo de amigos próximos e acompanhei sua vida e trajetória. Esta é uma homenagem justa, merecida, que orgulha a magistratura desse estado”, declarou. Adriana Brasil Guimarães, 2ª vice-presidente do IAB-Institutos dos Advogados Brasileiros; desembargador Peterson Barroso Simão; presidente do TJRJ, desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo;  desembargador Roberto Guimarães, presidente do IMB; deputada estadual Tia Jú; Luciano Bandeira, presidente da OAB-RJ,  e Marlon Obesrt Cordovil, promotor de justiça  O desembargador Custódio de Barros Tostes, secretário efetivo do Conselho Fiscal do IMB, cumprimentou o desembargador José Carlos Maldonado em nome de todo o Instituto. “Colega, amigo, pai, desembargador. A minha amizade com Vossa Excelência é tão intensa, tão honesta, que nos permite até brigas. Vossa Excelência é uma pessoa de bem e recebe a medalha pelos bons serviços prestados. É bom ser importante, mas o mais importante é ser bom”, considerou. O presidente do Grupo de Estudos de História do Direito do IMB, desembargador Antônio Carlos Esteves Torres, foi o responsável pela entrega da medalha ao desembargador Maldonado, acompanhado da esposa do homenageado, Rosângela Pereira Nunes Maldonado de Carvalho. Em seu discurso, o 3º vice-presidente do TJ agradeceu a seus familiares, amigos e a todos os presentes na solenidade. “Na linha do tempo, cada passo marca a direção no destino de cada um. Nessa trilha compartilham-se vitórias e frustrações, dúvidas e soluções, calmarias e tempestades, arrependimentos e obstinações. Tenho a plena convicção de que esse momento não se apagará de minha memória”. Além das autoridades citadas, também compareceram à cerimônia o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, presidente do TJRJ no biênio 2021-2022; o desembargador Luiz Zveiter, presidente do TJ no biênio 2009-2010; o desembargador Cláudio de Mello Tavares, presidente do TJ no biênio 2019-2020; o presidente da OAB-RJ, Luciano Bandeira; o vice-presidente e corregedor do TER, desembargador Peterson Simão; o subprocurador-geral de Justiça, Marlon Cordovil; a vice-presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Adriana Brasil Guimarães;  e a deputada estadual Tia Ju. IMB O Instituto dos Magistrados do Brasil foi fundado em 1979 por um grupo de juízes do Rio de Janeiro. É uma sociedade sem fins lucrativos que tem por objetivo promover simpósios, cursos, conferências, debates, estudos e pesquisas sobre assuntos jurídicos, sociológicos ou de interesse para a magistratura. A Medalha do Mérito Cultural da Magistratura Brasileira foi criada em 1996, com previsão no artigo 34 do Estatuto do IMB, para homenagear personalidades que contribuem para a formação da cultura da nação, dentro e fora do Judiciário.   MG/FS
03/07/2024 (00:00)
Visitas no site:  23221693
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia