Domingo
11 de Abril de 2021 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
30ºC
Min
22ºC
Predomínio de

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
31ºC
Min
24ºC
Chuva a Tarde

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
25ºC
Min
24ºC
Chuva

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
26ºC
Min
23ºC
Nublado

Controle de Processos

07/04/2021 - 14h047 de abril: Dia Mundial da SaúdeO tema de 2021 é: Construindo um mundo mais justo e saudável

Desembargador Bruno Terra Dias destaca a importância de priorizar a saúde em tempos de pandemia (Foto: Mirna de Moura/TJMG) O Dia Mundial da Saúde de 2021 – Construindo um mundo mais justo e saudável, comemorado nesta quarta feira (7/4), marcado pela pandemia de covid-19 em curso, dá visibilidade a um problema mundial: a desigualdade de acesso à saúde, bem como a alimentação e moradia. Já são mais de 132 milhões de casos, 75 milhões de recuperados e quase 3 milhões de mortos pelo coronavírus em todo o mundo. O alto número de contágios acelerou o desenvolvimento de vacinas contra a covid-19, muitas já autorizadas por meio de autoridades reguladoras. Em março de 2021, cerca de 310 vacinas estavam em vários estágios de formação, sendo 73 em pesquisa clínica. O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, escreveu em sua conta oficial no Twitter que “a grande maioria das doses da vacina contra a covid-19 administradas foi em alguns países ricos ou em países produtores de vacinas. Neste Dia Mundial da Saúde, vamos nos comprometer com um mundo saudável e justo", Já o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, também no Twitter disse que “ a medida que nos reconstruímos da Covid-19, é vital investir em melhores serviços de saúde e remover as barreiras que impedem tantas pessoas de usá-los - para que mais pessoas tenham a chance de viver uma vida saudável". Segundo o art. 196 da Constituição Federal de 1988 “saúde é direito de todos e dever do estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.” De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) o conceito de saúde “é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de doença ou enfermidade” Para o superintendente de Saúde do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Bruno Terra Dias, quando se fala em saúde, é preciso ampliar o leque e priorizar não só a segurança alimentar, mas a habitação, a infraestrutura urbana e rural e uma série de temas indispensáveis a que o ser humano tenha conforto físico, mental e social. Sete de abril, quando se comemora o Dia Mundial da Saúde, coincide com  a data de criação da Organização Mundial da Saúde em 1948. O tema deste ano, Construindo um mundo mais justo e saudável está alinhado ao objetivo de conscientização da população para a necessidade da busca de uma melhor qualidade de vida. “A referência ao tema vem das duas grandes guerras mundiais, na primeira metade do século XX. A experiência das atrocidades praticadas pelo ser humano contra seus semelhantes inspirou a valorização de um ambiente para cultuar o essencial à dignidade humana”, disse o desembargador Terra Dias. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza, até amanhã (8/4), o Seminário Digital em Comemoração ao Dia Mundial da Saúde com objetivo de “promover estudos e propor medidas e normas que permitam o aperfeiçoamento de procedimentos, a efetividade dos processos judiciais e a prevenção de novos conflitos no que se refere às demandas relacionadas à saúde”. A abertura do Seminário, ontem (6/4) com a participação do presidente do CNJ e presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux e do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi marcada pelos 11 anos do Fórum Nacional do Judiciário para Monitoramento e Resolução das Demandas de Assistência à Saúde - Fórum da Saúde. O primeiro dia do evento foi dedicado à discussão de se buscar respaldo técnico para auxiliar magistrados na tomada de decisões relativas à saúde. Criado pelo CNJ, o Fórum tem discutido formas de qualificar a judicialização da saúde, principalmente, em ralação aos pedidos de acesso a medicamentos, produtos ou procedimento de saúde, baseando as decisões em evidências científicas. Reflexão e ação O desembargador Bruno Terra Dias, afirma que em 2021, completados mais de doze meses da pandemia da covid-19, é imprescindível cultuar a data. “É justamente a atual celebração que nos mostra que todos os esforços nunca serão suficientes para dar segurança de saúde à humanidade. Porém, se houver desalento com esse cenário, as consequências serão muito piores.” O superintendente de saúde do TJMG diz que a humanidade deve evoluir não só no plano biológico, mas nos planos moral e ético. “A instituição de um dia mundial de saúde tem como objetivo reforçar essa necessidade”. O TJMG tem se empenhado para superar a crise sanitária provocada pela pandemia de covid-19 seguindo as medidas anunciadas pela área da saúde. “Essa, a razão da nossa celebração em 7 de abril, é o nosso lema: paz e saúde para todos”, concluiu.  No Brasil, além do Dia Mundial da saúde, é também comemorado o Dia Nacional da Saúde, em 5 de agosto, data de nascimento do sanitarista Oswaldo Cruz, responsável pelo combate a peste bubônica, febre amarela e varíola, moléstias infecciosas. Seminário CNJ O Seminário Digital em Comemoração ao Dia Mundial da Saúde, com transmissão pelo canal do CNJ no YouTube, tem palestras até amanhã (8/4).   Veja a agenda completa das palestras.
07/04/2021 (00:00)
Visitas no site:  10679495
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia