Sábado
24 de Agosto de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
25ºC
Min
15ºC
Possibilidade de Chu

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Possibilidade de Chu

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
27ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
27ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Controle de Processos

ANAMATRA REFORÇA SUGESTÕES AO COMITÊ NACIONAL PARA SAÚDE DOS (AS) MAGISTRADOS (AS)

 II Seminário da Saúde dos (as) Magistrados (as) e Servidores (as) também esteve entre os temas do encontro O vice-presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Luiz Antonio Colussi, e o juiz do Trabalho aposentado Rodnei Doreto Rodrigues, participaram, nesta quarta (7/8), de reunião ordinária do Comitê Gestor Nacional de Atenção Integral à saúde de Magistrados (as) e Servidores (as) do Poder Judiciário. A reunião foi presidida pelo coordenador do Comitê, conselheiro Valtércio de Oliveira, coadjuvado pelo conselheiro Arnaldo Hossepian. O encontro teve como objetivo a discussão de detalhes acerca do II Seminário da Saúde dos (as) Magistrados (as) e Servidores (as), que será realizado nos dias 4 e 5 de setembro de 2019, no Tribunal Superior do Trabalho (TST). O evento contará com a participação de persas autoridades do Judiciário brasileiro, intelectuais e profissionais da saúde, com a realização de palestras, debates em painéis e oficinas. Na ocasião, Colussi e Doreto reforçaram as sugestões da Anamatra que foram enviadas, em ofício, para o Comitê, no intuito de construir políticas públicas para identificar os principais problemas de saúde entre magistrados e magistradas. Segundo os dados levantados em pesquisa realizada pela Anamatra, não foram poucos os casos de afastamento das atividades funcionais em virtude de estresse, depressão, doenças que possuem direta vinculação com o trabalho. No documento, a entidade aponta o sistema de construção das metas que são impostas à Justiça do Trabalho como um dos principais pontos para o agravamento deste quadro. Nesse sentido, ainda no ofício, a Anamatra propõe o cumprimento integral da Resolução do CNJ nº 207/2015, a fim de que haja a adequada proteção da higidez física e mental dos (as) magistrados (as). A entidade sugere, também, a criação, como política pública a ser implementada pelo CNJ, de um Plano de Assistência Multidisciplinar à saúde e de Benefícios Sociais dos Magistrados e das Magistradas da União. Clique aqui e confira o teor do documento. Fonte – Anamatra
Visitas no site:  3819542
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia