Sábado
27 de Novembro de 2021 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
30ºC
Min
25ºC
Chuvas Isoladas

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
26ºC
Min
23ºC
Predomínio de

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
30ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
29ºC
Min
24ºC
Nublado

Controle de Processos

Corregedor ministra aula e recebe homenagem da Polícia Ambiental

O corregedor-geral da Justiça do Poder Judiciário de Mato Grosso, desembargador José Zuquim Nogueira, ministrou aula para 36 alunos do curso de formação de policiais militares ambientais do Estado. Ele foi escolhido pelo longo período em que ficou à frente do Juizado Volante Ambiental (Juvam) em Cuiabá. Ao todo 17 anos. Ao final da aula foi agraciado com a Medalha Mérito Protetor Ambiental. Um reconhecimento do trabalho de autoridades e profissionais de persos segmentos que com suas ações, direta ou indiretamente, contribuíram para a proteção e conservação das riquezas naturais, da flora e fauna. A entrega da medalha faz parte das comemorações de 37 anos de criação do Batalhão.   Enquanto juiz do Juvam José Zuquim Nogueira ajudou a criar recintos para animais resgatados pela Polícia Ambiental por meio da doação de materiais adquiridos via penas alternativas (transação penal), recuperação de Áreas de Preservação Permanente, Campanhas educativas, entre outras ações, além da conquista do maior prêmio jurídico do Brasil. O Prêmio Innovare. “É uma grande honraria para mim, pois sei da importância do Trabalho da Polícia Ambiental. Quando ainda estava no Juvam trabalhávamos muito em prol de nosso Meio Ambiente e da Sociedade”, revelou o magistrado.   Nessa primeira edição da medalha 100 autoridades militares e civis e lideranças de persos segmentos estão sendo agraciadas. São profissionais que com ações diretas e indiretas contribuíram para a proteção e conservação das riquezas naturais, flora e fauna de Mato Grosso.   Dentre os condecorados estão o governador Mauro Mendes, a primeira dama Virgínia Mendes, o comandante geral da PM coronel Jonildo José de Assis, o comandante do Corpo de Bombeiros Alessandro Borges Ferreira, o comandante do Cesp coronel Carlos Eduardo Pinheiro, a delegada da Ambiental Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, entre outros.   Aula - O tema escolhido foi “A importância da razoabilidade na atuação da Polícia nas questões ambientais: Uma visão jurisdicional”. “Durante o tempo em que estive jurisdicionando perante a Vara Especializada do Meio Ambiente e o Juizado Volante Ambiental, pude contar, efetivamente, com a atuação da Polícia Ambiental, que foi decisiva para o êxito das operações levadas a efeito, bem como das inúmeras apreensões de pescado e apetrechos utilizados para a prática de crime ambiental no Estado de Mato Grosso. Porém, a atuação preventiva e educativa do efetivo que trabalhava em conjunto com a fiscalização, foi um dos pontos mais marcantes e que fez a diferença no atuar da polícia. Outrossim, a visão macro do papel da polícia, o agir com ponderação e razoabilidade foram primordiais na soma da atuação judicial, para fazer com que nosso Estado se destacasse na vanguarda da proteção ambiental”, disse o magistrado.   Na quarta edição do Curso de Policiamento Ambiental, destinado aos policias militares para atuação dentro das especificidades do Meio Ambiente de Mato Grosso, tanto na esfera criminal, quanto na Administrativa, os PMs passam por um treinamento geral e depois aulas direcionadas.   “O curso de policiamento ambiental é uma forma de recrutar o policial militar, que trabalha na atividade ordinária para atuar na atividade especializada. Aqui em Mato Grossos temos o Batalhão Ambiental de Cuiabá, em Rondonópolis e Cáceres, que são companhias independentes“, explicou o tenente-coronel PM, Fagner Augusto do Nascimento, comandante do Batalhão Ambiental de Cuiabá.   Para a instituição Polícia Militar é sempre uma oportunidade ímpar poder capacitar os seus agentes. Com conhecimento podemos prestar serviços cada vez melhores à sociedade. Assim potencializamos ainda mais a ação da Polícia Ambiental em Mato Grosso. Agradeço aos nossos parceiros por ombrearem conosco nesta causa, destacou comandante geral adjunto, coronel Daniel Lipi Alvarenga.   Ainda participaram da solenidade a coordenadora militar do TJMT, coronel Jane Melo e o assessor militar da CGJ, tenente-coronel Tiago Costa Gomes.   Após destacar o trabalho da Polícia Ambiental no subsídio das apreensões e madeira, pescado, recuperação da Praça e Terminal Turístico da Guia, inibição de desmatamento e recuperação de APP, o corregedor concluiu o encontro: “não ajam com excesso de poder; para que o anseio da coerção não seja maior que a consciência de orientar, advertir. Não esqueçam de que o papel da polícia vai além da repressão! Então ajam em conjunto para a inovação, para a prática educativa. Vocês devem ser a polícia que a sociedade quer por perto, não a que a sociedade teme”.   Ranniery Queiroz/Secom Assessor de imprensa CGJ/TJMT    
Visitas no site:  13330462
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia