Segunda-feira
24 de Fevereiro de 2020 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
30ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
33ºC
Min
23ºC
Pancadas de Chuva

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
25ºC
Chuva

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
29ºC
Min
23ºC
Chuva

Controle de Processos

Energisa apresenta ao TJMS demonstrativo com redução de 30% na base de processos

Na manhã desta quinta-feira (23), o Des. Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS, recebeu o diretor-presidente da Energia, Marcelo Vinhaes Monteiro, para uma visita de cortesia. Vinhares estava acompanhado de Davi Rodrigues, gerente jurídico da empresa; Paulo Roberto dos Santos, diretor técnico comercial, e Dayara Gleice de Souza, advogada. Na visita, o diretor-presidente da Energia apresentou ao desembargador os números da empresa que demonstram uma redução da base de processos de energia no Poder Judiciário de MS. De acordo com Vinhaes, desde a chegada da Energisa a Mato Grosso do Sul, em 2015, houve uma redução em 30%, passando de 5.926 feitos em 2015, para 4.127, em 2020. No total, a empresa aponta ter fechado acordos que totalizaram R$ 29 milhões.Os visitantes demonstraram ainda que a Energisa encerrou 15% mais processos que os recebidos nesse período e os gráficos deixaram claro que somente em 2019 foram encerrados 1.221 processos na área cível, além de 2.265 nos juizados especiais.O presidente Des. Paschoal Carmello Leandro falou das inovações tecnológicas que estarão a disposição dos magistrados em 2020, lembrou dos importantes avanços que o TJMS tem conseguido, sendo inclusive referência nacional em persas frentes de trabalho. Marcelo Vinhaes garantiu que a tendência das demandas da Energisa no Poder Judiciário é de redução e todas as melhorias capazes de promover essa redução virão sempre em boa hora. O gerente jurídico da Energisa, Davi Rodrigues, explicou que na empresa há o Projeto Transformação, que tem o desafio de reduzir a quantidade de processos e realizar mais acordos, tanto no Expressinho, no convênio que já temos com o Tribunal de Justiça, como por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). Saiba mais – Além da parceria com o judiciário para atender o jurisdicionado mais rapidamente com o Expressinho, no Centro Integrado de Justiça (Cijus), em dezembro de 2019, a empresa firmou um termo de cooperação técnica que resultou em melhoria da eficiência energética do Fórum da comarca de Corumbá.Assim, por meio do Projeto de Eficiência Energética, a previsão é de uma economia na ordem de 18% no consumo. Importante lembrar que a melhoria integra o programa de eficiência energética da concessionária, com destinação de recursos para implantação do projeto visando promover melhorias no sistema elétrico de algumas unidades consumidoras.Marcelo Vinhaes lembrou que concessionária, nos últimos quatro anos e meio, já investiu nesse projeto R$ 52 milhões em instituições públicas, entidades filantrópicas, creches, asilos. “Focamos a utilização dos recursos resultantes do projeto de eficiência energética em instituições que realmente precisam e é uma proposta que traz um benefício muito grande para todos”.
23/01/2020 (00:00)
Visitas no site:  6046383
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia