Segunda-feira
16 de Dezembro de 2019 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
34ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
30ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
30ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva

Controle de Processos

Estudantes de Rondônia visitam setor de Tecnologia da Informação do Tribunal

 O Tribunal de Justiça de Mato Grosso recebeu hoje, terça-feira (19 de novembro), uma turma de 23 acadêmicos do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO). Os estudantes, do Campus Vilhena (715 Km de Cuiabá), acompanhados por dois professores, fizeram uma visita técnica aos departamentos da Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI).   “Nunca havia entrado em um tribunal de justiça e nem tão pouco visto uma estrutura de TI com essa grandeza. Estou encantada com essa potência tecnológica, e, certamente, a visita vai ampliar meus conhecimentos na área”, assinalou Ariane Nisterwitz, do segundo semestre. De acordo com o coordenador do curso, professor Juliano Fischer Naves, conhecer a arquitetura utilizada pelo Judiciário mato-grossense contribui e muito na compreensão e aprendizado dos alunos. “Estão tendo a oportunidade de entender o sistema, e também ter contato com o mercado por meio de instituições públicas e privadas”, justificou Fischer.   Ele lembra que o projeto pedagógico do curso prevê visitas técnicas, e que a escolha pelo Tribunal de Justiça se deu pelo que é pulgado como inovações de sistemas. “A TI do Judiciário tem excelência e é referência no mercado”, pontuou o coordenador. Gustavo Rodrigues, que também cursa o segundo semestre, ficou impressionado com a capacidade tecnológica da Justiça de Mato Grosso. “Muito diferente do que poderíamos imaginar. Agora, fico mais empolgado com as possibilidades que podem surgir com a conclusão do curso”, sublinhou.   Para o diretor do Departamento de Suporte e Informações da CTI, Marcos Gomes, a visita dos universitários é de suma importância para a formação deles, justamente porque observaram na prática conceitos aprendidos em sala de aula. “Também ficamos honrados com a vinda deles, porque, além da companhia dos professores, escolheram conhecer o trabalho que realizamos que tem garantido a virtualização processual e de serviços oferecidos pela Justiça mato-grossense”, assegurou Gomes.   Além da área de Tecnologia da Informação, os estudantes, conduzidos pelo coordenador do Programa Nosso Judiciário, Neif Feguri Neto, conheceram vários ambientes da sede do Judiciário, como o Plenário I de deliberações de sessões e o Espaço Memória do TJ.      
Visitas no site:  5232491
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia