Domingo
26 de Janeiro de 2020 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
30ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
31ºC
Min
21ºC
Poss. de Panc. de Ch

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
32ºC
Min
25ºC
Poss. de Panc. de Ch

Controle de Processos

Karlos Cabral propõe obrigatoriedade de registro biométrico de recém-nascidos

Está na pauta prévia da Assembleia Legislativa de Goiás, com parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), o projeto de lei nº 1192/19, do deputado Karlos Cabral (PDT), que propõe criar o Programa Nascer da Cidadania, para tornar obrigatória a coleta de dados biográficos e biométricos de recém-nascidos nas maternidades do Estado de Goiás. A propositura é justificada por se tratar de instrumento legal para contribuir com a prevenção e o combate ao tráfico internacional de pessoas, especialmente mulheres e crianças, no Estado de Goiás. O projeto atende ao decreto legislativo federal nº 5.017, 12 de março de 2004. “Além de trazer a segurança necessária para evitar a troca de crianças na maternidade, o procedimento funciona como uma ferramenta de prevenção ao tráfico de pessoas, especialmente crianças”, diz Cabral, analisando ainda que, caso sua proposta se torne lei, por meio de biometria o recém-nascido será vinculado à mãe biológica.
20/08/2019 (00:00)
Visitas no site:  5712630
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia