Terça-feira
07 de Julho de 2020 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
26ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
27ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
25ºC
Min
21ºC
Chuvas Isoladas

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
22ºC
Min
20ºC
Chuvas Isoladas

Controle de Processos

Membros de Comissão Mista aprovam relatório do projeto que cria Igesac.

Compartilhe! Os deputados que compõem as comissões de Saúde, Orçamento e Finanças, Constituição e Justiça e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), reuniram na manhã desta quarta-feira (3) para discutir o projeto de lei de autoria do Executivo, que cria o Instituto de Gestão em Saúde do Acre (Igesac). Durante a reunião conjunta, após discutidas e votadas as emendas, os parlamentares aprovaram o relatório do projeto que cria o Igesac, de autoria do deputado José Bestene (Progressistas), por 5 votos favoráveis e 4 contrários, com a abstenção do deputado Fagner Calegário (PL). A matéria agora seguirá para devida discussão e votação em plenário. O deputado Edvaldo Magalhães votou contrário ao relatório. Disse que houve um “atropelo regimental” ao não incluir a emenda do deputado Jenilson Leite (PSB) aprovada por cinco votos a quatro. A emenda retirava a possibilidade de o Pronto Socorro ser administrado pelo Igesac. “O relatório de vossa excelência deixa de incluir um relatório aprovado na comissão. O relatório está deformado porque não inclui uma emenda legalmente aprovada. O conteúdo está deformado”, disse. O deputado Roberto Duarte (MDB) também votou contra o relatório de José Bestene. “O meu voto poderia ser diferente, mas voto contrário neste momento ao relatório”, enfatizou o emedebista. Ao se manifestar contra o relatório, o deputado Jenilson Leite (PSB) disse que o mesmo está manchado. “Não tenho como compactuar com o que está escrito nesse relatório. Voto contra”, frisou. Ao votar favorável, o líder do governo, deputado Gehlen Diniz (Progressistas), disse: “Voto favorável por entender que estamos no caminho para melhorar a qualidade da saúde dos acreanos”, frisou o progressista. O deputado Neném Almeida também votou favorável à matéria. “Não vou pegar corda de ninguém não. Eu sou bem grandinho, sou dono dos meus atos. Voto com o relator”, afirmou. Texto: Mircléia Magalhães Revisão: Suzame FreitasFoto: Raimundo AfonsoAgência Aleac
Fonte:
AL Acre
04/06/2020 (00:00)
Visitas no site:  7559909
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia