Sábado
20 de Julho de 2024 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Minas Gerais sedia encontro com objetivo de fortalecer o combate à sonegação fiscal

Evento com três dias de programação foi aberto nesta quarta-feira, em Belo HorizonteAberto nesta quarta-feira (19/6), o Encontro Nacional do CIRA (Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos) reúne agentes do Fisco, de Minas Gerais e outros 18 estados, que atuam no combate à sonegação fiscal e aos crimes contra a ordem tributária.Até a próxima sexta (21/6), os servidores participarão de painéis temáticos que vão abordar técnicas de investigação, fluxo de análises e gestão da informação, além de assuntos atuais, como reforma tributária e inteligência artificial sob a ótica dos integrantes do comitê e de especialistas.O evento de abertura aconteceu no auditório da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte.Durante a solenidade, o secretário de Fazenda de Minas Gerais, Luiz Claudio Gomes, observou a importância de compartilhar com outros Estados o trabalho realizado nos 17 anos de existência do CIRA mineiro, bem como aproveitar as experiências de cada lugar que traz iniciativas bem-sucedidas.“Queremos alcançar nacionalmente um outro grau de institucionalidade, pois estamos às vésperas de um novo sistema tributário, que está se formando, e nós temos que nos acostumar a repartir e integrar”, disse.Luiz Claudio reiterou o sucesso da integração entre os órgãos parceiros do CIRA-MG (Receita Estadual, Ministério Público de Minas Gerais, Advocacia-Geral do Estado, Tribunal de Justiça de Minas Gerais e as polícias Militar e Civil) e o valor de um trabalho coeso em que todos se dedicam e se alinham à tecnologia para alcançar os melhores resultados na recuperação de ativos e devolvê-los à sociedade em forma de políticas públicas.Ao saudar cerca de 200 convidados de todas as regiões do país, o secretário-geral do CIRA-MG, promotor de Justiça William Garcia Pinto Coelho, fez um breve histórico do comitê, ressaltando a sua institucionalização, por meio de decreto, em 2007.“Não tem milagre, o resultado vem com muito trabalho e tecnologia”, disse William, referindo-se ao sucesso na recuperação de ativos com uma integração dos órgãos mineiros.Coordenador de um dos painéis de trabalho desta quarta-feira, o subsecretário da Receita Estadual de Minas Gerais, Osvaldo Scavazza, afirmou que Minas Gerais adquiriu grande know-how no combate ao crime tributário com essa parceria de 17 anos com as instituições do CIRA.sobre o painel "Desafios Colaborativos do CIRA e Reforma Tributária", ele explicou que tratará da “jurisprudência, da parte da reforma tributária"."A discussão vai trazer um conhecimento teórico para os participantes desse encontro, que vieram de todo o país. Amanhã e depois, teremos painéis temáticos que vão abordar, dentre outros, técnicas de investigação e avaliação no tratamento de dados”, declarou Scavazza.O evento foi acompanhado por servidores da Receita Estadual e teve a presença, ainda, da secretária de Estado adjunta de Fazenda de Minas Gerais, Luciana Mundim.  
24/06/2024 (00:00)
Visitas no site:  23221312
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia