Domingo
29 de Novembro de 2020 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
36ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
37ºC
Min
21ºC
Pancadas de Chuva a

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
33ºC
Min
20ºC
Pancadas de Chuva a

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
31ºC
Min
21ºC
Nublado

Controle de Processos

Museu do TJSP realiza primeira visita guiada e telepresencial aberta ao público

Magistrados do RS entre os participantes do evento.   O Museu do Tribunal de Justiça de São Paulo realizou hoje (23) sua primeira visita telepresencial aberta, em que os interessados não necessitam fazer parte de um grupo pré-determinado. O evento, realizado na plataforma Teams, contou com a participação do coordenador do Memorial da Justiça do Rio Grande do Sul, desembargador aposentado José Carlos Teixeira Giorgis; a juíza do Trabalho do TRT4/RS e presidente do Fórum Nacional de Defesa da Memória da Justiça do Trabalho (Memojutra), Anita Job Lübbe; a juíza Federal da Seção Judiciária do Rio Grande do Sul, Ingrid Schroder Sliwka, além de servidores do TJSP, do Ministério Público estadual, advogados e entusiastas da área histórica cultural.  A desembargadora Luciana Almeida Prado Bresciani, coordenadora do Museu, deu as boas-vindas a todos e cumprimentou os magistrados gaúchos. “São extremamente comprometidos com a memória da Justiça e sua presença aqui apenas reforça o empenho do Poder Judiciário e de outros setores com a memória da Justiça”, afirmou. O vídeo de abertura da visita ao Palacete Conde de Sarzedas, sede do Museu, trouxe o presidente do TJSP, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, fazendo uma breve introdução sobre o edifício, tombado pelo patrimônio histórico e que abriga a história do tribunal, “uma história bonita e de muita atividade, que está ligada ao povo paulista”. Em seguida, iniciou-se o tour, mediado pela equipe do Museu. Os convidados puderam conhecer importantes coleções que contam a história da criação e evolução do Poder Judiciário paulista, além de detalhes do acervo, composto, dentre outros, por objetos, móveis de estilo, processos e documentos de interesse histórico, vestimentas, quadros histórico artísticos e bens arquitetônicos. Os visitantes conheceram também os dois núcleos de exposições permanentes do Museu, a “Sala Desembargador Emeric Levai” e o “Espaço Cultural Poeta Paulo Bomfim”, localizados no Palácio da Justiça, e os quatro memoriais instalados em diferentes comarcas em homenagem aos patronos dos fóruns que os recebem - Sede Regional do Museu do TJSP na 6ª Região Administrativa Judiciária, em Ribeirão Preto; Memorial Young da Costa Manso, no Foro Regional de Itaquera Desembargador Young da Costa Manso; Memorial Hely Lopes Meirelles, no Fórum Hely Lopes Meirelles; e o Fórum Museu Pitangueiras.  Ao final da visita, o coordenador do Museu da Justiça, Bruno Bettine de Almeida, explanou a história do TJSP e apresentou a exposição virtual “88 anos da Revolução Constitucionalista de 1932”. O coordenador e a desembargadora Luciana Bresciani interagiram com os visitantes, respondendo às perguntas e comentários.  Os magistrados convidados elogiaram o tour telepresencial. “A visita que proporcionaram hoje tem uma característica muito especial, que é a forma de acolhida: conseguiram eliminar a frieza do mero tour virtual e torná-la agradável”, ressaltou Anita Lübbe. “Foi como se estivéssemos em cada local apresentado.” “Estamos aqui para mostrar a importância da preservação da memória da Justiça em todo Brasil”, afirmou o juiz diretor do Foro Regional de Itaquera, Carlos Alexandre Böttcher, que também integra o Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname). “Todos nós, magistrados e servidores, estamos imbuídos da missão de preservar a memória do Judiciário, que se trata de um patrimônio cultural. Estamos cumprindo um mandamento constitucional, que é a difusão cultural, e com este formato telepresencial levamos a visita não só a todo Estado de São Paulo, mas a todo Brasil.”   Visitas guiadas telepresenciais ao Museu da Justiça - São abertas ao público em geral, por ordem de inscrição, em duas sextas-feiras por mês. As próximas visitas serão nos dias 6/11, 20/11 e 4/12. Interessados poderão se inscrever pelo e-mail museutj@tjsp.jus.br, informando nome completo e, no campo “Assunto”, solicitar inscrição para visita telepresencial na data de sua preferência. As visitas se iniciam às 11h.  Para grupos previamente formados de universidades, instituições e público em geral, é necessário pré-agendamento, também pelo e-mail museutj@tjsp.jus.br , com os seguintes dados: nome da instituição, nome do responsável pela visita, quantidade de pessoas, telefone e e-mail para contato e dia e horário da visita. Os visitantes recebem certificado de participação expedido gratuitamente pela Diretora/Coordenadoria do Museu do Tribunal de Justiça de São Paulo.   imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial  
25/10/2020 (00:00)
Visitas no site:  9338564
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia