Segunda-feira
18 de Janeiro de 2021 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
34ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
32ºC
Min
26ºC
Pancadas de Chuva a

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
30ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
30ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

PARTICIPANTES DE PESQUISA SOBRE ACESSIBILIDADE APROVAM INSTALAÇÕES, ATENDIMENTO E RECURSOS TECNOLÓGICOS DA JUSTIÇA FEDERAL DA 3ª REGIÃO

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) celebra hoje (3/12) o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e reafirma seu compromisso em promover ambientes acessíveis e inclusivos, com igualdade de oportunidade a todas as pessoas, removendo barreiras físicas, urbanísticas, arquitetônicas, tecnológicas, de comunicação e de atitudes. De acordo com a Resolução CNJ nº 230/2016, que orienta a adequação dos órgãos do Poder Judiciário às determinações da Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, é proibida qualquer forma de discriminação por motivo de deficiência, devendo-se garantir às pessoas igual e efetiva proteção legal contra a discriminação por qualquer motivo. Para dar efetividade à Resolução, a Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão da 3ª Região - CPAI3R, constituída pela Resolução PRES n° 31/2016, elaborou um Plano de Ação e realizou, entre 2017 e 2020, a Pesquisa sobre Acessibilidade e Inclusão na JF3R. De acordo com o levantamento, 73% dos respondentes aprovaram o acesso às instalações, classificando como bom (48%) e ótimo (25%); 23% classificaram como regular; e apenas 4% consideraram ruim. Em relação ao atendimento presencial, 83% dos participantes consideraram bom (53%) ou ótimo (30%); o atendimento ruim foi apontado por apenas 5% dos participantes. Já o acesso virtual à Justiça Federal da 3ª Região foi considerado ótimo ou bom por 60% dos que responderam a pesquisa, enquanto que 40% consideraram regular ou ruim. Os participantes também aproveitaram a oportunidade para sugerir melhorias. O TRF3 reafirma, ainda, que toda pessoa com deficiência tem direito a receber atendimento prioritário, sobretudo com a finalidade de proteção e socorro; atendimento em todos os serviços; disponibilização de recursos, tanto humanos quanto tecnológicos, que garantam atendimento em igualdade de condições com as demais pessoas; acesso a informações e disponibilização de recursos de comunicação acessíveis; tramitação processual e procedimentos judiciais e administrativos em que for parte ou interessada, em todos os atos e diligências. Assessoria de Comunicação Social do TRF3 www.twitter.com/trf3_oficial  www.instagram.com/trf3_oficial 
03/12/2020 (00:00)
Visitas no site:  9736120
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia